quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Why museums still matter

Mais uma TED Talk, desta vez com David Franklin e o tema "Why museums still matter".

(Because...) "Museums Matter"

Trabalhando num ambiente em constante transformação: desafios para museus que se queiram acessíveis

Um artigo fantástico sobre Museus e Acessibilidade, escrito pela Maria Vlachou, apresentado no 1º ENCONTRO TRANSFRONTEIRIÇO DE PROFISSIONAIS DE MUSEUS, em Alcoutim (20.10.2012) Para ler no seguinte link: http://etpm2012.files.wordpress.com/2012/11/etpm2012_os-desafios-para-museus-que-se-queiram-acessiveis.pdf

Opening up the Museum

Deixo aqui esta fantástica intervenção da Nina Simon no TEDxSantaCruz Talk:

Cerimónia de entrega de prémios da Associação Portuguesa de Museologia

Na próxima sexta-feira, dia 14, terá lugar no Museu da Farmácia em Lisboa a cerimónia de entrega de prémios da Associação Portuguesa de Museologia, na qual será distinguida a Dr.ª Madalena Braz Teixeira como Personalidade do Ano. A cerimónia será precedida de uma Mesa Redonda sobre os desafios presentes e futuros que os profissionais de museus enfrentam com a participação de vários especialistas do sector. Serão atribuídos, este ano, prémios nas seguintes categorias: • PRÉMIO PERSONALIDADE NA ÁREA DA MUSEOLOGIA • PRÉMIO INFORMAÇÃO TURISTICA/VISITANTE • MELHOR COMUNICAÇÃO ON-LINE • MELHOR SITE • MELHOR APLICAÇÃO DE GESTÃO E MULTIMÉDIA • PRÉMIO INCORPORAÇÃO • MELHOR TRANSPORTE DE PATRIMÓNIO • PRÉMIO PROJECTO INTERNACIONAL • MELHOR TRABALHO JORNALISTICO • PRÉMIO MECENATO • PRÉMIO INSTITUIÇÃO • PRÉMIO INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE • MELHOR TRABALHO SOBRE MUSEOLOGIA • MELHOR TRABALHO DE MUSEOGRAFIA • MELHOR ESTUDO SOBRE MUSEOLOGIA • MELHOR INTERVENÇÃO EM CONSERVAÇÃO E RESTAURO • MELHOR SERVIÇO DE EXTENSÃO CULTURAL • MELHOR CATÁLOGO • MELHOR EXPOSIÇÃO • PRÉMIO MERCHANDISING • PRÉMIO INVESTIGAÇÃO • PRÉMIO COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

O meu museu é melhor que o teu

Uma excelente iniciativa de divulgação de museus. O programa “O meu museu é melhor que o teu” é um espaço de divulgação da realidade museológica, em Portugal, que se quer viva e dinâmica. Cada director é convidado a divulgar as mais-valias do museu que dirige e a incentivar o espectador a visitá-lo. Ideia original de Fernando Alvim, director da Speaky Tv, e apresentação a cargo de Cláudia Camacho, curadora independente e coordenadora do projecto AntiFrame. Link para ver o segundo episódeo: http://vimeo.com/54953424

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Revista trimestral Plural&Singular

Está disponível para download a 1ª edição da revista trimestral Plural&Singular. Trata-se de um projecto editorial dedicado à temática da deficiência, sendo que o tema de capa é “A deficiência em Portugal: ontem, hoje e amanhã”. Disponível para download em: http://pluralesingular.com/

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

IPL (+)Inclusivo

O Instituto Politécnico de Leiria abraçou a temática da inclusão como projecto para o ano lectivo 2012-2013. Isto significa que, durante este ano, toda a comunidade académica do IPLeiria – alunos, docentes e funcionários – estará envolvida em projectos pessoais ou internos e com a comunidade envolvente, em parcerias diversas e em todos os domínios do saber. Mais informações aqui: http://maisinclusivo.ipleiria.pt/

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

espectro do autismo com hipersensibilidade ao som

Vale a pena ver e ouvir... Para quem quer saber o que podem ser 2 minutos num corpo de uma criança com uma perturbação do espectro do autismo com hipersensibilidade ao som, aqui fica o convite.....Pode ser que assim os entendam um pouco melhor...

Sensory Overload (Interacting with Autism Project) from Miguel Jiron on Vimeo.

European Seminar: Accessibility - a new challenge for inclusive tourism

Europe is the most important tourism region, both as a destination and as a source. In spite of the steady fall in its market share over the last ten years, as a consequence of the dramatic growth of very dynamic regions like Asia and the global economic crisis, Europe continues to play a central role in the global tourism market. Tourism is a major economic activity with a broadly positive impact on economic growth and employment in Europe. It generates between 5-10% of EU GDP giving jobs to some 10 million people, including a lot of young people. It is also an increasingly important element of the 'European way of life' as more and more citizens are travelling, either for leisure or business. The Challenge The challenge now is to extend the tourist offer to those who traditionally were at a disadvantage: persons with reduced mobility, elderly, children and the disabled. Improving accessibility of tourism information and destinations can provide an immense boost to the mobility of EU citizens, their social and cultural inclusion and create a new demand for accessible regions. Time and again, accessibility, is being portrayed as too expensive to be achieved. There are, however, clear economic indications that the size of an accessible travel market exceeds 133 million tourists and could generate nearly 90 billion euro. This should encourage the business community to invest in accessible goods and services and to look into how to design their own products and services for all. Being a leader means knowing when and how to innovate. Europe's regions have to seize the opportunity to make the commitment to develop sustainable, inclusive and accessible tourism offer and make their natural, cultural and architectural heritage accessible to all, independently of their physical or mental abilities. This seminar will explore the barriers to inclusive tourism and reflect on how these challenges can be addressed to improve the accessibility of information and destinations. Through its political and practice-based sessions, the seminar will demonstrate what can be done to realise economic and societal potential of tourism for all. Venue Provincia di Treviso -“Sant’Artemio”, via Cal di Breda 116 - Treviso Date: Tuesday 6 November 2012 09.00 to 18.00 hours. There wil be simultaneous translation from/to Italian, English, Spanish, French and German. EU Accessible Tourism Conference, Treviso, November 2012. Page now updated with 6 ENAT presentations for downloading. http://www.accessibletourism.org/?i=enat.en.events.1365. 6 November 2012, Treviso, Italy.

O Céu nas tuas Mãos

“O Céu nas tuas Mãos” – Sessão de Planetário e uma exposição tátil versando os mais diversos e fascinantes objetos que podemos encontrar no céu. Esta exposição conta com o apoio da “Ciência Viva” e da “ACAPO, de 19 de novembro a 19 de janeiro de 2013. A sessão de planetário “O Céu nas tuas Mãos” produzida pelo Observatório Astronómico de Valência, foi adaptada ao português através de um projeto da Fundação Navegar em colaboração com a Ciência Viva, o Pavilhão do Conhecimento e a ACAPO. Este é um projeto que visa levar a Astronomia a um público mais alargado, incluindo pessoas cegas e com baixa visão, através de uma semiesfera táctil (64 Semiesferas disponíveis), sobre a qual os participantes podem sentir as formas das constelações e acompanhar a história através da banda sonora. Um equivalente visual será projetado na cúpula do planetário, tornando esta experiência acessível a todos. Este projeto contém ainda uma exposição táctil na galeria. * O Planetário Calouste Gulbenkian apresenta 3 sessões semanais: Segundas e Sextas às 14:30 e Sábados às 16:00. Saiba mais em www.acapo.pt ou em http://planetario.marinha.pt/PT/noticias/Pages/oceunastuasmaos.aspx

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Os Desafios da Política de Museus em Tempos de Crise

Para ler o artigo "Os desafios da política de museus em tempos de crise" vá a http://www.icom-portugal.org/multimedia/Os%20desafios%20da%20pol%C3%83%C2%ADtica%20de%20museus%20em%20tempos%20de%20crise.pdf . Para ler o comunidado do ICOM sobre a Administração Pública da Cultura e os Museus vá a http://www.icom-portugal.org/documentos_outros,129,349,detalhe.aspx

seminário "Autorepresentação das Pessoas com Deficiencia Visual no Século XXI: que perspectivas, desafios e soluções"

A ACAPO encontra-se a promover o seminário "Autorepresentação das Pessoas com Deficiencia Visual no Século XXI: que perspectivas, desafios e soluções" que se realizará nos dias 15 e 16 de outubro na Sala do Senado da Assembleia da República. "No quadro da Convenção dos Direitos de Pessoas com Deficiência, bem como dos demais instrumentos europeus e internacionais aplicáveis, a autorrepresentação é um dos princípios de base na definição das políticas que, direta ou indiretamente, influenciam a capacidade e a qualidade de vida das pessoas com deficiência visual. No entanto, as constantes transformações sociais, políticas e económicas que se observam trazem também mudanças ligadas ao conceito de autorrepresentação tornando necessária uma definição do paradigma que deve revestir a atuação de autorrepresentação institucional no Século XXI. Pela primeira vez em Portugal, pretende-se promover uma reflexão sobre os vários modelos de autorrepresentação adotados pelas organizações de pessoas com deficiência visual, procurando contribuir para uma melhor capacitação destas organizações e dos seus representados, adequando estruturas e objetivos às necessidades específicas da própria população representada e da atividade de representação. O seminário integra sessões plenárias e workshops interativos com apresentação de diferentes modelos e irá proporcionar uma confluência de experiências e saberes entre especialistas e pessoas com deficiência visual, quer sejam ou não autorrepresentantes, provenientes de diversos países." Mais informação em: http://autorrepresentacao.acapo.pt/index.php/apresentacao

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Códigos QR

Muito se tem falado ultimamente dos códigos QR e está à vista a sua introdução nos museus! É certo que é necessário ter um smartphone... e instalar o leitor de códigos... o que pode não ser tão "acessível" quanto isso para algumas pessoas, ainda assim penso que é uma boa prática, principalmente para quem quer saber um bocadinho mais e gosta de fazer uso das novas tecnologias! Resta aos Museus e outras instituições culturais fazerem um bom uso desta nova possibilidade de transmissão de conhecimento e, claro, de divulgação!
[Para quem não sabe do que estou a falar: Código QR é um código de barras bidimensional que pode ser facilmente escaneado usando a maioria dos celulares modernos equipados com câmera. Esse código é convertido num pedaço de texto (interativo), um endereço URI, um número de telefone, uma localização georreferenciada, um e-mail, um contato ou um SMS. in wikipedia].

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Seminário "Programar para a diversidade"

Estamos a aproximadamente duas semanas da realização do seminário anual do GAM. A inscrição é gratuita e todas as informações encontram-se disponíveis em www.gam.org.pt

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Versão braille do cubo de Rubik, do designer Konstantin Datz. Parece uma coisa quase insignificante mas na verdade é uma boa prática, porque é que as pessoas cegas não hão-de poder ter acesso a todas as "brincadeiras" dos normovisuais?

Afinal, o que é acessibilidade?

Para pensar...

Quando não há infraestruturas adequadas, resta a simpatia das pessoas! Mas o que será que estas situações que não deixam de ser constrangedoras provocam nas pessoas com necessidades especiais, neste caso específico, com mobilidade reduzida? Como se sentiriam se tivessem de ser literalmente carregados sempre que quisessem aceder a determinado local?

quinta-feira, 22 de março de 2012

Desempregados vão ter entrada livre em Museus

Os desempregados podem, a partir de 27 de março, entrar gratuitamente nos museus, monumentos e palácios tutelados pelo governo e usufruir de descontos nos teatros nacionais, revelou a Secretaria de Estado da Cultura.

Numa nota divulgada este sábado, a secretaria de Estado da Cultura revela que, com esta medida, pretende que as pessoas que têm hábitos culturais não vejam "o seu acesso à cultura limitado por se encontrarem numa situação de desemprego".

Desta forma, a partir de 27 de março, Dia Mundial do Teatro, os desempregados passam a entrar gratuitamente nos museus, monumentos e palácios tutelados pela Secretaria de Estado da Cultura.

Na mesma data passam ainda a ter descontos nos Teatros Nacionais, Cinemateca e Companhia Nacional de Bailado (CNB), limitados a um número máximo por sessão definido pelos organismos.

Para entrar na Cinemateca, uma pessoa em situação de desemprego passa a pagar um bilhete fixo de 1,35 euros, enquanto que seis euros é quanto lhe vai custar o preço fixo para entrar no Teatro Nacional D. Maria II.

O desconto no Teatro Nacional de São João, no Porto, é de 50% do preço do bilhete.

Já os espetáculos da CNB e do Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, têm desconto de 25%.

A estes descontos podem ter acesso todas as pessoas desempregadas, desde que apresentem um comprovativo de inscrição no Instituto de Emprego e Formação Profissional ou qualquer outro documento emitido pela Segurança Social que comprove a situação.

Fonte: JN Online, 22/03/2012

Jornal de Notícias - edição em Braille

São quase mil exemplares editados a cada dois meses com um 'digest' dos artigos publicados pelo Jornal de Notícias. A edição braille do JN edita-se desde 2000, demora 8 horas a imprimir, gasta mais de 12300 folhas de papel preparado para receber relevo e é lida por cegos em 14 países.
Veja o vídeo: http://www.jn.pt/Reportagens/Interior970.aspx?content_id=2376802

terça-feira, 13 de março de 2012

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Castelo de Celorico da Beira

Um bom exemplo no Castelo de Celorico da Beira




Disponibilização de informação em Língua Gestual

Acessibilidade física


Legendas, folhas de sala e outras informações











Sinalética


Maquetas tácteis



Acessibilidade e tecnologias




Algumas fotos... alguns exemplos!

Exemplos de sinalética






Audio-guia





Maqueta táctil do edificio

Mais um blog sobre museologia acessível

Museum For All Blog --> http://museumforallblog.wordpress.com/

Uma visita "às escuras" ao criptopórtico romano da cidade de Coimbra

Para ouvir a entrevista: Uma visita "às escuras" ao criptopórtico romano da cidade de Coimbra

As profundezas do Museu Nacional Machado de Castro, onde se guarda o que foi há dois mil anos o berço da cidade de Coimbra. O museu está há oito anos em obras mas a do criptoportico pode ser visitada e tem agora um incentivo a que também quem não vê parta à descoberta do espaço. Antes de descer ao cripotopórtico, os invisuais têm à disposição uma maqueta que os ajuda a antecipar a visita. Pelo tacto ficam com noção da planta e previnem obstáculos.